18/01/2008

História da Arte: Neolítico



Este é o último post sobre a Arte Pré-histórica, encerrando este capítulo com o Neolítico, que todos reconhecemos através dos cromeleques. A partir do próximo post iniciaremos a abordagem à Arte Antiga.

"A arte do neolítico inicia-se com a Revolução neolítica, período revolucionário na história que, no Médio Oriente, teve início há cerca de 10.000 anos, quando o homem começa com êxito a domesticar animais e a dar os primeiros passo na agricultura, cultivando gramíneas cerealíferas.
A partir desse momento o homem aprende a assegurar a sua alimentação pelo próprio trabalho e torna-se sedentário formando aldeias. Surge a produção de cerâmica, a fiação e a tecelagem, assim como métodos básicos da construção arquitectural em madeira, tijolo e pedra. Iniciam-se também neste período as imponentes estruturas megalíticas, construções feitas com grandes pedras monolíticas, relacionadas com o culto dos mortos ou com objectivos religiosos.
No Neolítico decrescem as atividades dos escultores e pintores, desenvolvendo-se bastante as dos ceramistas. Agora o escultor sabe cozinhar a argila, surgindo os vasos com motivos geométricos. Foram encontradas peças na Roménia e Hungria.
Os escultores depois de executarem com esmero o trabalho de lascar a pedra, poliam-na com atrito sobre uma camada de areia molhada, contra pedras mais resistentes. O trabalho de polimento assume escala industrial com a produção em série de facas, raspadores, machados e ponta de flechas, que seriam comercializados, trocados por outros artefatos ou produtos naturais.
A pintura no Neolítico torna-se mais decorativa. Observa-se uma completa revolução estilística, a primeira verificada na arte, onde os pintores abandonam o realismo figurativo do paleolítico e tendem agora a simplificar, esquematizar, geometrizar, substituindo, muitas vezes, as imagens visuais por símbolos e signos. Chegam, destarte, às formas abstratas.
De um modo geral, e de acordo com os achados arqueológicos, a produção artística deste período é caracterizada pelo surgimento de parâmetros geométricos, relacionada a uma suposta evolução dos padrões naturalistas-realistas para um abstracionismo na representação das formas.
Mas os achados que têm sido feitos, pouco nos dizem da evolução da mentalidade do Homem neolítico e das suas motivações artísticas. Isto não significa que haja uma produção de peças em quantidade reduzida, mas que talvez estas sejam feitas em materiais frágeis, como a madeira, e que não tenham resistido ao tempo."

artigo in http://pt.wikipedia.org/wiki/Arte_do_Neol%C3%ADtico

imagem do Cromeleque dos Almendres, Portugal

2 comentários:

Meus Netos Minha Fortuna disse...

Olá amiga!
Após o fim de semana, graças a Deus passado em familia, e depois da minha netinha já estar com a mamâ e o mano deixa-me mais um bocadinho de espaço para ler os seus sempre úteis e agradáveis posts!

Pela minha parte agradeço-lhe, pois de cada vez que aqui venho, saio mais enriquecida, pois o saber não ocupa lugar...

Espero e sei que ainda vou aprender muito com os seus fantásticos posts...Bem Haja!
Cultura e sabedoria não fazem mal a nunguèm!
Se não fazem mal á "velhinha dos blogues" não fazem mal a mais ninguém!
É bom aprender...é óptimo saber!

Um beijo e uma óptima semana
Um abraço

Cassilda

Meus Netos Minha Fortuna disse...

Oh minha querida amiga.
Eu deixei-lhe há dias um comentário, mas como não vejo vou tentar dizer novamente aquilo que penso
Parabens por haver alguem que se interessa tanto pela cultura!
Não faz mal nenhum saber mais... sempre pouvi dizer que o saber não ocupa lugar.
Estou-lhe muito grata por todos os posts pois tenho enriquecido os meus conhecimentos, sobre a História da Arte de que tanto gosto!

Certamente que quando cá passar me vou deliciar com uma leitura fantástica sobre estes temas .
obrigada por o fazer!

Um beijo
Cassilda

Google