19/09/2008

Arte em cena: "A Verdadeira Treta" de José Pedro Gomes e António Feio


É bom rir, sobretudo se for de nós próprios, da nação, dos problemas e dos estereótipos da sociedade. José Pedro Gomes e António Feio caricaturizam um do estereotipo do português, o chico-esperto que também é calão, exagerado, pouco educado, rude e sim, foleiro, kitsch e a brincar vão abordando tudo o que presentemente preocupa Portugal e os portugueses. Em cena no Auditório dos Oceanos, no Casino de Lisboa.


"A aventura Conversa da Treta começou no Auditório Carlos Paredes, em 1997, e desde então já correu o país, esgotou o Coliseu dos Recreios várias semanas, foi um programa de rádio, uma série televisiva. O dvd, o livro e o filme vieram mais tarde confirmar o sucesso da dupla. Em 2008 apresentam A Verdadeira Treta, um regresso à essência da "filosofia do disparate" que já fez rir milhares de espectadores... que há muito que reclamavam por mais!


Em A Verdadeira Treta, Zézé e Tóni vão levantar dinheiro a uma caixa multibanco e, como conversa puxa conversa, ou melhor, no caso deles, conversa da treta puxa conversa da treta, passam uma infinidade de tempo a falar de tudo e mais alguma coisa. Desde o preço do petróleo, às operações plásticas, desde a paranóia com a segurança, até à educação, à saúde, passando pelo aumento dos juros, tudo é esmiuçado pela arrevesada e demente destes dois mamíferos da famosa espécie "Chico-Espertus Lusitanus". Uma raça que, infelizmente para uns, e, felizmente para outros, está muito longe da extinção."

in folheto d'A Verdadeira Treta
Veja aqui:

1 comentário:

Meus Netos Minha Fortuna disse...

OLá amiguinha
Venho desejar-te um excelente fim de semana e deixar-te um grande beijinho
Vóvó Cassilda

Google